Corumbá - Concessões S.A.

Voltar Notícias 04.12.2019 - 11:15

Escolas de Silvânia, Alexânia e Luziânia são premiadas no Concurso Agrinho 2019

O Programa Agrinho, de iniciativa do Sistema Faeg/Senar, anunciou e premiou autores de desenhos, redações e projetos pedagógicos na solenidade de premiação realizada em 29 de novembro, no Centro de Convenções da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), em Goiânia.  Em cerimônia festiva com espetáculos de malabarismo, música e teatro pelo Circo Laheto, o evento reuniu mais de 1.500 estudantes, professores, gestores escolares de 246 municípios goianos, e contou com a presença do governador Ronaldo Caiado.

Esta 12ª edição do Concurso Agrinho, que tratou sobre o tema:  Cresce campo e cidade, com saúde e sustentabilidade, envolveu 1.100 escolas goianas e recebeu mais de 8 mil trabalhos. Os contemplados receberam 432 prêmios – tablets, smartphones, TV, uma moto e um carro zero Km, entre outros. Durante o evento, o presidente do Sistema Faeg/ Senar, José Mário Schreiner, anunciou o tema de 2020: Inovação no campo e na cidade.

Com foco na educação levada por meio de projetos ambientais aos sete municípios do entorno do reservatório da UHE Corumbá IV, a Corumbá Concessões, gestora do empreendimento, é parceira do Agrinho há dez anos, com patrocínio de prêmios e divulgação dos trabalhos. Este ano, alunos e professores de escolas dos municípios de Silvânia, Luziânia e Alexânia foram contemplados dentre um total de 288 trabalhos.

Representando a Corumbá Concessões, a analista de meio ambiente Marinez de Castro, recebeu o troféu Agrinho, “Foi gratificante conferir o êxito dos trabalhos vencedores, em especial os premiados das escolas de Silvânia, Alexânia e Luziânia, de abrangência do lago de Corumbá IV, que contam com o apoio e incentivo da companhia em ações de educação ambiental.

Escolas premiadas

A única escola de Silvânia que concorreu com trabalhos, José Eduardo Mendonça, do distrito Cruzeiro do Bom Jardim, ganhou em todos os quesitos, e uma moto Honda, no sorteio. Os alunos David S. Silva, do 1º ano, e Tamires Abadia, do 4º ano, foram premiados com os melhores desenho e redação; e o Projeto Escola Agrinho venceu com o tema: Cruzeiro, 109 anos – um povoado e várias histórias. “Ficamos muito felizes com os resultados. Nós pensávamos que teríamos uma boa colocação, mas não que iríamos ganhar a moto”, comemorou a diretora Maria Cristina Vieira Marques.

Segundo ela, o projeto Escola Agrinho registrou histórias dos alunos e suas famílias e gerou um grande impacto na comunidade do Cruzeiro. E a parte ambiental do projeto mostrou o processo de sensibilização dos alunos para a construção do viveiro horta Ciclo da Vida que abastece a merenda escolar e serve como laboratório para o aprendizado dos estudantes.

“Estou emocionada com as premiações da escola de Silvânia, que fez um trabalho duro com os seus alunos, envolvendo toda a comunidade escolar”, comemorou a secretária de Educação do município, Rosane Maria Batista. Ela ressaltou a importância do tema dos trabalhos de 2020 que deverá despertar o interesse dos alunos: “Eles já são conectados com a internet em seu dia a dia. “Some-se a isso, o programa Educação Conectada, do governo federal, que disponibilizou mais megas de internet nas instituições de ensino e vai aparelhar todas as escolas com laboratórios de informática”, disse.

Duas escolas de Luziânia tiveram trabalhos premiados no concurso: Isac Miguel Amorim, aluno da Educação Especial da Escola Polo Municipal Hortência Maria Felácio, ficou em primeiro lugar na categoria desenho; e os alunos Ketlyn Gabrielly Alves e Maicon Silva Barros, respectivamente, do 3º e 4º ano da Escola Polo Rural de Samambaia, Darcy Ribeiro, fizeram as melhores redações.

Das cinco escolas de Alexânia participantes do Agrinho, a Parque Alvorada IV, da comunidade Serra do Ouro, teve a aluna Danielle Gomes Alves, da 5ª série, premiada com a melhor redação. O prefeito Allyson Silva, presente à solenidade, elogiou o programa e parabenizou a estudante pela redação premiada. “O tema do Agrinho do próximo ano é atual e vai colocar boas ideias na cabeça de crianças e jovens, para que no futuro eles desenvolvam ações voltadas para a preservação ambiental, por meio da tecnologia”, disse.

Inovação

Na avaliação do programa este ano, a coordenadora Fátima Araújo destacou a inovação, com o online e o digital, o que levou a organização a aprofundar mais o tema nos trabalhos em 2020. Ela explicou que a formação inicial dos professores que sempre era presencial, este ano passou a ser feita pela educação a distância, com o lançamento de um aplicativo que foi muito utilizado pelas escolas. “A palavra chave do programa é perenização, com ações acontecendo o tempo todo. Fechamos, hoje, esta última etapa do Agrinho e já iniciamos a programação do próximo ano”, comentou.

Fátima Araújo enfatizou a importância das parcerias do Agrinho e falou sobre novos desafios, entre eles incentivar os parceiros a participarem das ações e projetos que serão desenvolvidos pelas escolas, citando como exemplo o apoio dado pela Corumbá Concessões ao projeto viveiro horta Ciclo da Vida, da escola de Cruzeiro, de Silvânia, que foi premiado.

O governador Ronaldo Caiado enfatizou a importância das ações empreendidas pelo Sistema Faeg/Senar, em especial, o Agrinho que, para ele, “está transferindo para crianças e jovens o sentimento de poder para exercitar a cidadania”. Falando sobre outros programas oferecidos pela Faeg no Estado, o governador destacou os cursos profissionalizantes e as ações de recuperação de nascentes. “A produção de água é o grande desafio de Goiás e do mundo, atualmente. Se não cuidarmos de nossas nascentes e rios, nós sofreremos rapidamente as consequências da falta de água”, disse. 

O presidente do Sistema Faeg Senar, José Mário Schreiner, fez um balanço das doze edições do Programa Agrinho salientando a sua importância na mudança da realidade de muitos municípios goianos obtida através dos temas tratados em anos anteriores, como alimentação saudável, meio ambiente e sustentabilidade, responsabilidade social e conexão entre o campo e a cidade.

Ana Guaranys

Assessoria de Comunicação

Corumbá Concessões

Informações: (61) 3462-5237 / comunicacao@corumba4.com.br

03/12/2019

© 2019, Corumbá Concessões S.A. Todos os direitos reservados.