Corumbá - Concessões S.A.

Voltar Ambiental 10.08.2020 - 10:18

Famílias acampadas na beira do lago de Corumbá IV recebem equipes ambientais

Ação educativa ambiental foi realizada nos municípios de Silvânia Luziânia, neste sábado, dia 1º de agosto

Turistas da região do Entorno da Usina Hidrelétrica de Corumbá IV – a maioria moradores de Brasília, Goiânia e Anápolis – deixaram suas casas para aproveitar o fim de semana na beira do lago. Eles receberam equipes ambientais da Corumbá Concessões (gestora da Usina) para uma ação educativa na manhã de sábado, dia 1º de agosto.

Durante a abordagem via lago (AVL), dentro do Programa de Educação Ambiental (PEA), os agentes orientaram famílias acampadas no reservatório, em Silvânia e Luziânia, sobre os cuidados preventivos da Covid-19, no sentido de evitarem aglomerações e fazerem a assepsia das mãos e utensílios com álcool em gel; e alertaram quanto à segurança no lago, recomendando o uso de coletes salva-vidas, especialmente nas crianças. Eles lembraram ainda aos turistas sobre a importância da preservação da Área de Preservação Permanente (APP).

As equipes abordaram 436 turistas e distribuíram 200 kits de material educativo (folders, lixocar e saco para lixo), chamando a atenção para o recolhimento e descarte corretos de resíduos gerados durante o lazer; e sobre o perigo de incêndio na mata, especialmente com o início do tempo seco. “Nós alertamos os visitantes para a proibição de acender fogueira na APP e para tomarem cuidado com guimbas de cigarro, que são conhecidas causas de incêndios florestais, ainda mais nesta época do ano quando os ventos são fortes e a vegetação é mais seca”, disse Marinez de Castro, analista ambiental da Corumbá Concessões.

Estacionamento na APP

O grande número de veículos estacionados na APP durante a atividade do PEA (136) preocupou os agentes. Na última AVL realizada no reservatório, no Carnaval, o número de veículos naquela área também foi alto, 152 carros, quando foram abordadas 424 pessoas. Esta prática, segundo Marinez de Castro, é proibida pela legislação ambiental porque degrada a vegetação. “Os carros devem ficar dentro das áreas particulares, nos condomínios próximos ao reservatório”, explicou.

Moradores em Anápolis, Ana Carolina Icândido, o marido Thiago Miller, e duas crianças, visitavam o reservatório no último sábado. Eles disseram que estão tomando todos os cuidados durante a pandemia. “Até mesmo aqui ao ar livre usamos álcool em gel, guardamos a distância recomendada de pessoas desconhecidas que estão acampadas aqui próximo, e recolhemos o lixo para descartar ao chegarmos em Silvânia”, comentou Tiago Miller. A família vem sempre ao reservatório porque tem casa no condomínio Buriti.  

José Wilson da Costa mora em Anápolis e estava visitando o lago pela primeira vez, em Luziânia. Segundo ele, todas as pessoas das duas famílias passaram por controle de temperatura para verificar se estavam aptas para o lazer. “Estamos aqui nos confraternizando, mas tomando todos os cuidados preventivos”, disse. Observando as orientações do agente ambiental, José Wilson comentou que desconhecia a proibição de estacionar carro na APP. “É importante que essas normas sejam divulgadas para que possamos segui-las, em nome da preservação do local”, completou.

Os agentes ambientais observaram, durante a AVL, que a grande maioria das pessoas acampadas estava sem máscaras e não se preocupava em manter a distância social recomendada como prevenção da Covid-19. Cabe ressaltar que, embora os visitantes estivessem agindo como em tempos normais, a pandemia não acabou e o número de infectados continua aumentando nos estados e municípios. O PEA recomenda que mesmo em atividades ao ar livre os turistas do reservatório de Corumbá IV devem seguir as recomendações de prevenção preconizadas pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde.

Ana Lúcia dos Guaranys

Ascom CCSA

03/08/2020

© 2020, Corumbá Concessões S.A. Todos os direitos reservados.