Corumbá - Concessões S.A.

Voltar Ambiental 01.02.2021 - 11:35

Associação Riacho Doce entrega produtos agroecológicos para beneficiar famílias atendidas pelo CRAS de Novo Gama

O superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento do Distrito Federal e Entorno (Conab), Rafael Bueno, fez ontem (13 de janeiro) a abertura do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) que autoriza os produtores da Associação Riacho Doce, de Novo Gama (GO), vencedores da concorrência, a entregar 13 toneladas de alimentos agroecológicos ao Centro de Referência e Ação Social (CRAS), para doação simultânea a famílias atendidas pela entidade, cerca de 10 mil pessoas.

Com a participação de mais de 50 pessoas, o evento contou com as presenças de vereadores municipais, do vice-prefeito Antônio Joviniano Pacífico, deputados representantes das Câmaras Legislativas do DF, de Goiás e Federal, e de produtores das três associações de Novo Gama – Riacho Doce, Chácaras Paulistas e Jacumã-Jarumã. Presentes, também, representantes da Corumbá Concessões, que presta assistência jurídica e técnica aos produtores locais, através da Coopindaiá, de Luziânia.

O PAA, no valor de R$ 48 mil, será rateado na cota máxima de R$ 8 mil para seis produtoras da Riacho Doce, que terão um ano para produzir e entregar os produtos ao CRAS. Segundo informou Rafael Bueno, esse montante é fruto de uma Medida Provisória que o governo federal aprovou, por meio da Conab, garantindo R$ 500 milhões em recursos extraorçamentários para a agricultura familiar no País. “Esse projeto é o terceiro selecionado para Novo Gama e representa para os produtores a garantia de comercialização que, na agricultura, é a parte mais complicada”, disse o superintendente da Conab.

Na avaliação de Rafael Bueno, o projeto Mãos Produtivas, da Corumbá Concessões, é um parceiro dos produtores de Novo Gama e foi “importantíssimo” dentro do PAA, levando assistência técnica e jurídica aos agricultores das três associações do município para auxiliá-los na organização das entidades, na estruturação de propostas e projetos, e no levantamento dos documentos. “E, agora, vai ajudá-los na parte técnica da produção de alimentos”, complementou.

“Nós vamos ter alimentos de excelente qualidade, com valor nutricional e comercial produzidos em Novo Gama para o povo de Novo Gama, principalmente, para saciar a fome de tantas pessoas necessitadas. E hoje, o apoio da prefeitura e da Câmara Municipal e de parlamentares estaduais e federais veio mostrar o quanto o projeto PAA é importante para Novo Gama”, disse Rafael Bueno.

Na avaliação da analista ambiental Luana Silva Santos, representante da Corumbá Concessões, houve um avanço dos produtores rurais de Novo Gama por meio do projeto Mãos Produtivas. “É gratificante vermos esse crescimento das associações, especialmente o da Riacho Doce, tão bem conduzida por Claudia Gouveia.  A Corumbá Concessões, como parceira dos produtores de Novo Gama e de outros municípios do entorno do reservatório de Corumbá IV, reconhece a importância da união de diversos atores para alavancar a agricultura familiar”, ressaltou.

Força da mulher

Seis produtoras ganharam o edital do PAA, em agosto de 2020, para a venda de hortaliças, frutas e legumes ao CRAS de Novo Gama, mas não puderam executar o programa devido à pandemia. “O evento e a visibilidade que o nosso PAA está alcançando foi além das expectativas, e a presença de tantas autoridades agregou um valor inestimável ao nosso trabalho”, avaliou a presidente da Associação Riacho Doce, Claudia Gouveia. “Eu creio que essa visibilidade vem do incentivo e do suporte do Mãos Produtivas, da Corumbá Concessões”, complementou.

Claudia administra e supervisiona todo o processo de produção, formatação de propostas para concorrer aos editais da Conab. “Nossa proposta foi selecionada porque essas mulheres são guerreiras, independentes, mães que cuidam da família sozinhas. Elas trabalham com a terra e a qualquer momento em que chegamos em suas propriedades estão sempre com uma enxada, um facão nas mãos, cuidando da lavoura”, elogiou o grupo.

Ao final do evento, o gerente operacional da Conab, Rafael Marcola, orientou os produtores sobre o que uma associação pode e não fazer antes e depois de ter a proposta selecionada.  Ele ressaltou as principais regras do PAA em relação às exigências na hora da entrega dos produtos (volume e qualidade dos alimentos); controle e arquivamento de documentos; rigor da fiscalização durante o processo e sanções em casos de infrações.

Ascom Corumbá Concessões

Jornalista Ana Lúcia dos Guaranys

14/01/2021

© 2021, Corumbá Concessões S.A. Todos os direitos reservados.