Corumbá - Concessões S.A.

História

Em 1998, a THEMAG ENGENHARIA S.A. e CONSTRUTORA RV LTDA, iniciaram os estudos da bacia do alto Corumbá, que foram concluídos em 1999. Este estudo demonstrou a viabilidade de construção das Usinas Corumbá III e Corumbá IV. Ainda em 1999 foi desenvolvido o Estudo de Impacto Ambiental da UHE Corumbá IV. Neste mesmo ano foi emitida a Licença Prévia de Instalação 017/99 pela Agência Goiana de Meio Ambiente e Recursos Naturais.

No início do ano 2000, nasce a CORUMBÁ CONCESSÕES S.A., formada pela Companhia Energética de Brasília (CEB) e VIA ENGENHARIA. No mesmo ano a empresa obteve a licença para exploração do aproveitamento hidrelétrico por um prazo de 35 anos. Logo no inicio da instalação da nova UHE, a VIA ENGENHARIA foi substituída pelas empresas SERVENG CIVILSAN S.A. e C&M ENGENHARIA. Em setembro deste mesmo ano tiveram início os Programas Básicos Ambientais (PBAs), projetos que abrangem a área socioambiental e buscam o desenvolvimento sustentável da região.

No ano de 2004, o processo de licenciamento foi transferido para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que passou a ser o órgão responsável pela Licença de Operação (LO), emitida em dezembro de 2005. Em fevereiro de 2006, após cinco anos de construção, a Usina foi inaugurada, com duas unidades geradoras e capacidade de 129,6MW de potência, energia suficiente para abastecer uma cidade com 250.000 habitantes.

Em abril de 2012, o Ibama concedeu a primeira renovação da Licença de Operação (LO), válida por seis anos e em outubro do mesmo ano, aprovou o Plano Ambiental de Conservação e Uso de Reservatórios Artificiais (Pacuera) da UHE Corumbá IV.

Linha do tempo
© 2017, Corumbá Concessões S.A. Todos os direitos reservados.