Corumbá - Concessões S.A.

Corumbá Concessões
Voltar Zoom 19.03.2018 - 16:05

UHE Corumbá IV contribui para a conservação dos recursos hídricos

Preservar os mananciais é um dos maiores desafios ambientais da atualidade. Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da região de forma mais sustentável, a Corumbá Concessões S.A. desenvolve diversas ações socioambientais que são implementadas, principalmente, nas comunidades rurais dos municípios de abrangência da usina.

O trabalho de educação e sensibilização desenvolvido pela empresa desde a sua inauguração, em fevereiro de 2006, tem trazido resultados satisfatórios, que vêm repercutindo na região quanto à adoção de boas práticas ambientais.

Seguem, abaixo, algumas ações ligadas à conservação da água:

Viveiro-Escola, realizado de 2013 a 2015, envolveu diretamente 130 moradores das áreas rurais de Silvânia, Corumbá de Goiás e Santo Antônio do Descoberto. Cada município ganhou um viveiro de alvenaria e espaço para produção de mudas, reuniões e armazenamento de equipamentos e sementes. Os participantes conheceram melhor o Cerrado, que é o bioma onde moram, e aprenderam a coletar e beneficiar sementes, a plantar espécies nativas para a recuperação de nascentes, e a comercializar mudas para aumento da renda familiar.

Os viveiros foram construídos ao lado de escolas e o projeto teve como público-alvo professores, alunos, pais e demais moradores das comunidades. Esses espaços se transformaram em unidades demonstrativas para os alunos – para fins de aprendizado de várias disciplinas –  e para famílias interessadas em replicar o modelo em seus quintais, visando à geração de renda e à preservação ambiental e dos recursos hídricos. No total, os moradores plantaram 22 mil mudas em 50 áreas degradadas. Ao final de dois anos e meio de trabalho, a Corumbá Concessões entregou oficialmente os viveiros para as escolas e comunidades envolvidas, que passaram a gerir a produção e venda de mudas.

Parada ecológica é uma linha de ação do Programa de Educação Ambiental (PEA) em que agentes ambientais orientam os turistas e moradores do entorno sobre o uso correto do lago de Corumbá IV e os cuidados com a sua Área de Preservação Permanente (APP). Eles distribuem kits com material informativo, saco biodegradável para lixo e lixocar.

Ainda dentro do PEA, diversos cursos sobre recuperação de áreas degradadas e recuperação de nascentes foram executados, como nas comunidades rurais Retiro e Indaiá, em Luziânia, que são associadas da cooperativa Coopindaiá.  Elas participaram da atividade de Recuperação de nascentes, com plantio de mudas e, hoje, colhem os resultados. Na propriedade de Luciano Andrade, presidente da cooperativa, foram plantadas na sua região de nascentes cerca de 3 mil mudas do Cerrado, doadas por vários parceiros.

“Se não tivéssemos revegetado, construído as barraginhas e acompanhado de perto o crescimento das mudas, fazendo o combate biológico de formigas, a nascente teria secado. Os resultados são visíveis e a área está virando uma pequena floresta, com árvores de até 3 metros de altura”, comemora Luciano Andrade.

A empresa também realiza o Programa de Monitoramento da Qualidade da Água que analisa diversos parâmetros físico-químicos de amostras em 23 pontos no corpo do reservatório e em seus rios afluentes, com o intuito de acompanhar a qualidade da água.

Outro monitoramento importante nesse contexto acontece dentro do Programa de Fiscalização. Por meio de programa de geoprocessamento, fiscais de bacia percorrem diariamente todo o perímetro do reservatório coletando as irregularidades na APP, e enviam imediatamente as informações ao Departamento de Meio Ambiente, que então consolida os dados e os encaminha mensalmente, em forma de relatório, ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Estão entre as irregularidades: Desmatamento; abertura de estradas ilegais; plantação de jardins, construção de casas, galinheiros, churrasqueiras e estacionamentos na APP; além de pesca predatória e captação ilegal de água do reservatório.

O Ibama-DF, responsável por fiscalizar as ocorrências levantadas pela empresa, realiza operações para verificar as irregularidades e aplicar multas com a intenção de coibir crimes ambientais. Ainda para evitar degradações na APP, a Corumbá Concessões regulariza as estradas de acesso à água de interesse dos moradores do entorno. Os condomínios que margeiam a APP de Corumbá IV são orientados a regularizar seu acesso e a recuperar áreas degradadas na APP. Para isso, eles apresentam documentação de regularidade e licença ambiental do condomínio e comprovam, dentre outras coisas, que estão realizando o saneamento das casas e a destinação adequada de seus resíduos.

Todas essas ações realizadas pelo empreendimento, sejam elas socioambientais ou de monitoramentos, promovem a conscientização em relação à necessidade de preservação e recuperação da vegetação do Cerrado para garantir que todos tenham acesso à água.

© 2017, Corumbá Concessões S.A. Todos os direitos reservados.