Corumbá - Concessões S.A.

Voltar Ambiental 29.07.2021 - 16:43

Projeto Mãos Produtivas leva técnicas de piscicultura para o Novo Gama

Moradores receberam informações sobre a criação de Tilápia em tanques escavados e detalhes sobre criação e revenda dos pescados.

Os moradores da área rural do Novo Gama – GO participaram de mais uma capacitação do Projeto Mãos Produtivas, que desta vez levou informações sobre técnicas de piscicultura e produção de Tilápia em tanques escavados. O encontro, promovido pela Corumbá Concessões, na Associação Comunitária Rural Chácaras Paulistas, reuniu 24 produtores que assistiram palestras com detalhes sobre a escavação do tanque, informações sobre tratamento do solo, até o manejo e revenda dos peixes.

A expectativa agora é de que os moradores interessados no novo tipo de produção rural ingressem também na piscicultura. Com isso, eles vão poder diversificar o cultivo rural e ter um incremento na renda familiar. A previsão dos participantes que se interessaram e pretendem criar Tilápia na região é que até o fim de 2021 os primeiros viveiros já estejam prontos.

A presidente da Associação Riacho Doce, Cláudia Maria Gouveia, participou da capacitação e acredita que o projeto ajuda a unir os produtores, além de trazer oportunidades para a diversificação das atividades rurais. “A piscicultura é mais uma possibilidade que agregará na produção como um todo na região do Novo Gama e também auxiliará na sustentabilidade da nossa produção.” O presidente da Cooperativa Coopindaia, Luciano Andrade, fez uma apresentação aos produtores com todos os detalhes para iniciar a criação de peixes em tanques escavados. Segundo ele, “o processo de produção de tilápia no tanque, por ter contato direto com o solo, se assemelha bastante a natureza e é um trabalho prazeroso, que além de diversificar a produção rural, traz excelente incremento de renda”.

Continuidade

O Mãos Produtivas está há três anos na região do Novo Gama. O projeto iniciou com o fomento a produção de hortaliças, que está consolidado atualmente entre os produtores, e agora tem novo capítulo com a piscicultura. No novo tipo de produção com peixes, o ciclo agroecológico fica ainda mais completo, já que a água utilizada nos viveiros poderá ser viabilizada para irrigação das hortaliças.

O presidente da Associação Comunitária Rural de Chácaras Paulistas, José Ionildo Simplício, acredita que capacitações como essas são fundamentais para o fortalecimento rural. “Nós temos aproximadamente 30 produtores que trabalham com hortaliças desde o início do Mãos Produtivas. Com a possibilidade da piscicultura, nós pretendemos expandir e trazer cada vez mais moradores para participar da iniciativa” afirmou. De acordo com analista da Corumbá Concessões, Willem Barbosa, um grande diferencial do Projeto Mãos Produtivas é preencher o gargalo de escoamento dos produtos ao final do processo de criação. “Nossos parceiros fazem a capacitação, oferecem toda a assistência técnica desde os primeiros passos de cultivo e também os canais diretos para garantir que esses produtos sejam vendidos e gerem incremento de renda aos produtores”

© 2021, Corumbá Concessões S.A. Todos os direitos reservados.